sábado, 29 de novembro de 2008

Lindo!!!


Tenho de partilhar esta imagem...
Acho que é de uma beleza...
Não há palavras...até fico emocionada...
Realmente estar grávida é uma coisa tão nossa...
Nós, mulheres, somos mesmo priviligiadas!
Por muito que o pai do bebé nos ame, e ao filho,
passe a gravidez, ali babadão, do nosso lado...
Jamais conseguem sentir o que sentimos...
Não há mesmo palavras...
Tenho saudades dos pontapés...das conversas com uma barriga...
De ter ali o bebé, só para mim...
É único mesmo...
Adoro estar grávida, adoro!
Por isso adoro ver as barrigonas...as grávidas são lindas!!

sexta-feira, 28 de novembro de 2008






A primeira foto, como podem observar é de um dos meus netos, na espreguiçadeira do Jair, a Yasmin diz que ele é o ursinho Pooh, como podem ver é uma outra versão...pirata!
Não estão a ver mal...é mesmo um pano da cozinha a fazer de mantinha...

Também a Yasmin...a cozinhar...os ímans do frigorífico...

O meu Dani e a pobre da árvore de natal...que ontem à tarde já sofreu uma queda, mas ao que pude constatar, está de perfeita saúde...um bocadinho mais despida, pois alguns dos enfeites já eram...

Por fim as nossas obras de arte, alusivas à quadra.São qualquer coisa, hein?!Qual Da Vinci!!

Não à chuva!!


Hoje sim, senti mesmo o espiríto natalício...com tanta chuva...
Sou sincera não gosto do frio e da chuva...é sempre tão complicado com as crianças...vestir kilos de roupa, e andar com guarda-chuvas atrás, é mesmo coisa que detesto!!
Os putos andarem ora com tosse, ora com o ranho no nariz, e quando vou para ir buscar um lenço para os assoar já o dito está limpinho com a manga da blusa ou do casaco...que mania que eu detesto!
Mas com a chuva, vem mais outra mania dos reguilas de que eu também não sou nada fã...
Porque é que os miúdos não resistem a chapinhar dentro das poças de água?Há ali qualquer coisa que os puxa...mas é íncrivel...após uma correria de manhã, para os despachar, com um ao colo, a do meio às costas e o mais velho pela mão...sem falar das malas e restante tralha, que em falta de mais uma mão, lá vai nos dentes e a baba é inevitável...desce-se o 3º andar, com a sensação que não se vai chegar vivo ao último degrau, e ainda pelo caminho cai a chucha no chão, alguém quer fazer chi-chi e dá-se conta que se esqueceu das chaves do carro...toca a mudar a rota, mas para cima nenhum santo ajuda...quase meia-hora depois consigo com que estejamos na rua...e lá está ela, a bela da poça de água, que estava mesmo à espera que alguém salte nela, e antes de eu conseguir proferir alguma palavra, ei-lo: "DANI,NÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOO!!!!!!"
Encharcado até ao pescoço e com os mais novos já de cintos postos nas suas cadeiras, o que me valeu foi a muda de roupa que estava lá na escolinha...
É ou não é para detestar a chuva?E principalmente os buracos nas estradas!!!

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Uma princesa adoentada

Depois de almoço ligaram-me, era da escolinha dos pimpolhos, para irmos buscar a Yasmin que ela estava cheia de febre e tinha vomitado o almoço...
Fui a voar...
Chegada lá, estava ela sentadinha na cadeirinha, muito murchinha, a chorar:"Mãe, a jamini tá doentinha, tem febre e tem de ir ao hospital levar uma pica...!
Tadinha, minha rica filha, partiu-me o coração, que carinha mais triste...
Fomos para casa e foi logo um supositório posto a fazer o seu trabalho.
Também se queixava de dores na barriga:"Mãe, faz uma massagea(leia-se massagem)"
Tirada a febre 38,5.Vestimos o pijama e cama para dormir a sesta.Não quis dormir sozinha, então deitou-se ao pé do Jair, do pai e de mim.Sorria toda contente...
Passado pouco tempo adormeceu...e eu também...dormimos até às 4 da tarde, soube mesmo bem...Eram horas de ir buscar o Dani.
Já não tinha febre, nem lhe doía a barriga, mas estava com o nariz entupido:"Mãe, dá-me soro."E o soro tem de ser ela a meter no nariz, caso contrário, não consigo meter-lhe, ela não deixa, se for ela a meter, faz-lhe menos impressão.Também não me admiro, eu também não consigo meter soro...faz-me aflição!
Ao jantar comeu bem a sopinha, sem reclamar!Até fiquei parva!E para compensação de tal bravura, teve direito a gelatina de morango.
Ao deitar também não tinha febre, mas meti mais um supositório.
Amanha ficará cá em casa comigo, pelo sim, pelo não.
Vamos ver como corre...lá na escolinha anda tudo com viroses, a ver vamos se não vem cá bater à nossa porta, senão vai tudo ficar de cama, quando chega a um, faz logo a ronda!



Babete 100% limpinho!

O meu bebé hoje comeu finalmente a sopinha e a fruta sem se sujar NADINHA!Foi um homem!!
Também foi novidade hoje a frutinha, que foi pêra e maça assada que adorou!!!
E para completar o dia de estreia...um iogurte natural...daqueles mesmo para bebés, com leite adaptado.E agora ao lanche um dia é papinha, outro dia é iogurte que é para não enjoar.
Está a sair um belo de um comilão, come tudo muito bem, sem refilisses!!
Cada dia está mais lindo o meu bebé lindo!!
Tendo eu já dois tesouros, dava por mim a pensar como seria, se seria capaz de amar tanto mais alguém...claro que sim!!Amo tanto os meus filhos!!!São o melhor da minha vida!!!Sou uma mãe babada e feliz...muito feliz!

Picture Captions

As arrumações

Hoje de manhã, os pequenos acordaram eufóricos para ver se a árvore de natal ainda permanecia no mesmo sítio...e como acordei às 7 da manhã aproveitei para ligar as luzes, para quando eles acordassem estar tudo ok.
Fizeram logo uma enorme festa!!
Como todos os dias, há sempre muita coisa para fazer...não sei como é que é, que uma pessoa por mais que arrume as coisas, nada pára arrumado, QUE NERVOS!!
A minha sala, parece sempre um museu do brinquedo, com tanta cangalhada pelo chão...agora o meu Dani anda com o vício dos legos e dos puzzles, e então no quarto dele tem sempre as construções dele, que não se pode sequer entrar...
A Yasmin anda sempre com os bebés dela, e outros bonecos a imitarem bebés...vai-me às gavetas da cozinha e tira-me os panos, para fazer de mantas para os "filhos", quando dou por mim, tenho a sala transformada em berçário, com a bonecada toda tapadinha e a "fazer ó ó!"
Mas se os deixo brincar à vontade, quando chega a hora também os mando arrumar, porque têm de aprender que não há cá criados para ninguém.
O Dani até obedece bem, apesar de ser um pouco preguiçoso, mas eu se lhe digo alguma coisa para fazer, está logo pronto e faz.Agora a Yasmin já o caso muda de figura.Eu sou capaz de a mandar e ela manda logo o irmão fazer por ela, é muito espertinha.E quando lhe mando, a maioria das vezes acaba em castigo, pois não faz, fica ali parada e não se mexe para lado nenhum!!É mesmo torta...Mas para a incentivar, peço-lhe ajuda nas coisas de casa, tipo ajudar a fazer as camas, ou dar-me as peças de roupa para estender...ela adere melhor nestas coisas, do que propriamente arrumar os brinquedos.Mas têm de ser habituadinhos logo de pequenos que é para depois não estranharem!!

Pretinho Barnabé

Não sei se conhecem aquela música que é assim:

O pretinho Barnabé
tiroliroliro
O pretinho Barnabé
tirolirolé
A saltar partiu o pé
tiroliroliro
A saltar partiu o pé
tirolirolé
Salta agora só com um pé
tiroliroliro
Salta agora só com um pé
tirolirolé

Vou eu e a Yasmin na rua todas contentes e na nossa direcção vem um rapaz de cor, a Yasmin, que fala sempre tão baixinho, lá me diz:
"MÃE, OLHA ALI O PRETINHO BARNABÉ!!"

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Árvore de natal

Chegados da escolinha, lá vêm os marotos todos contentes...entram sala dentro...e deparam-se com a nossa árvore de natal...!
Foi a festa total...desde cantoria, a beijos e abraços ( não a mim, à própria da árvore!) valeu tudo!!
Nunca vi tamanha alegria...
Diziam:"O natal já chegou...;que linda;obrigada mãe..." e toca a cantar...
Mas claro está, a parte melhor ainda estava para vir...faltava acender as luzes...para mim não haver luzes no pinheirinho, é como natal sem bolo-rei e azevias de puré de batata ou grão...
E tivémos sorte, dos 6 conjuntos de luzinhas que tinhamos no ano passado (sim, sei que até são poucas :), sou pior que os putos!) todas trabalhavam às mil maravilhas!Espectáculo...
Eis chegado o momento...tudo a piscar e com direito a música natalícia vindo de um dos muitos conjuntinhos de luzes.
"Ei mãe, até a árvore de natal canta!E tem estrelinhas a brilhar e tudo..."
Escusado será dizer que DELIRARAM com tanta luz...até eu fiquei de boca aberta...lindo!!!Adoro ver todas as luzinhas!Adoro, adoro, adoro!
Esta é a altura do ano que mais aprecio, adoro o natal, para mim é muito mágico,adoro o convivío com a família, todo o espirito natalicio...
Estava a ver que a árvore não durava muito tempo, com tanta mexidela...
Depois da sessão de fotografia (a colocar em breve), como estávamos na onda do natal, cantámos umas músiquinhas e depois fomos fazer uns desenhos alusivos à quadra (tb a colocar em breve!)
Este ano não me deu trabalhinho nenhum fazer a árvore de natal, tudo porque o que eu mais detesto é desfazer a árvore, por isso o ano passado, levei-a tal e qual como estava para o sotão, armada e com tudo lá pendurado, só a protegi por causa do pó.Este ano fui lá buscá-la e foi só colocá-la na sala...rápido e eficiente!!
O Jair chuchava muito depressa na chucha ao ver tanta luz a piscar...
E claro está a nossa árvore também teve direito a um beijo de boa noite e:"Mãe, o natal não vai embora?Está cá amanhã também??"...

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Hoje logo de manhã, o meu Jair acordou às 6 da manhã, devia de pensar que já eram horas decentes de estar acordado.Dava-me chapadas na cara e puxava-me o cabelo, no fim ria-se à gargalhada, e dava aqueles gritinhos muito giros, quase a acordar a vizinhança.Adoro a boa-disposição dele, mas só depois das 10 da manhã!!
E lá esteve acordado, todo contente...eu ainda passei pelas brasas, tinha uma tal pedrada, que não queria saber de mais nada.Ele já tinha bebido leite, rabinho limpinho, não estava a chorar por colo, maravilha...Só adormeceu novamente eram 7 e tal da manhã, o rabino.

Às 8 da manhã (vá lá!) o Dani lá se levanta e dá uma corrida para o meu quarto.Logo atrás vem a Yasmin..."Mãe, mãe, quero um iogurte..."
Mal se levantam, é logo...
Já tiveram a fase de comer cereais logo de manhã, mas não sei se enjoaram, agora não pode falhar o iogurte.Não me preocupo, o iogurte é bem melhor.Seguido de umas torradinhas e leitinho quentinho.
Ah!Mas ainda a propósito do iogurte...há logo guerra...
Como não se calam, quando me levanto, correm atrás de mim, vão a correr para o frigorífico, dou-lhes o iogurte e a Yasmin é que tem de separar os iogurtes e cada um tem de abrir o seu...caso contrário é logo choradeira e chapada...
Devia ser proibido este alarido, mal a pessoa tem a pestana aberta...

Ao almoço o meu reguilita Jair comeu a bela da sopa QUASE sem se sujar...já está a aprender, o maroto...
Dei-lhe a seguir à sopa pela 1ªvez banana...até sorria, todo feliz da vida.Raspei uma maça crua para uma tigelinha e juntei a banana, passando-as com a varinha mágica.Adorou.

De tarde quando os reguilas mais velhos chegaram para variar houve logo guerra...isto porque a Yasmin vinha com uma folha de papel com um pinheiro de natal desenhada, para em casa, com a ajuda dos pais enfeitar.Ora o Dani, como é de outra sala, desta vez ainda não trouxe, mas insistia que também queria um...lá tive de fazer uma cópia, para ele se calar!Andam sempre ao despique um com o outro, às vezes apetece fugir!

E hoje após a ronda das banhocas, foi o dia de cortar as unhas...é sempre um desatino!!!
O pequenito não sei como é que lhe crescem tantos as unhas, ou que raio de unhas ele tem, que mesmo depois de cortadas se arranha todo.Tem um arranhão no meio da testa que é alguma coisa!Lá o pai teve de fazer umas macacadas para o distrair.
Quanto ao Dani, é o que levo menos a cortar, pois como rói as unhas, já tenho metade do trabalho adiantado.Já fiz tudo ao míudo e não há meio de ele deixar o vício.Também não me admiro com ele, eu própria tenho esse vício e mesmo agora estou aqui toda desgraçada, cheia de feridas nos dedos por isso...mas isto aqui é, não faças aquilo que eu faço, faz aquilo que eu te digo!Não o faço à frente deles!
A Yasmin é que é a fiteira de serviço!O que eu tenho de inventar para a convencer...E hoje teve de ser subornada com um chocolatinho de avelã Milka...pois já estava a esgotar a paciência .Ela é engraçada. Está logo pronta para mandar o irmão estar quieto para a mãe lhe cortar as unhas, mas quando é ela é um castigo...
Às tantas já o Jair estava todo lambuzado de chocolate, que a mana querida fez o favor de lhe dar a provar e o puto achou aquilo tão pouco, que agarrou-se a ela e à mão dela, puxando para a boca dele e já não largava.Quando vi os dois ia tendo um ataque!O Dani ria que nem um perdido com o pai e eu a ralhar que o menino ainda é muito pequeno para provar essas coisas boas!
Ao menos cá em casa animação é coisa que nunca escasseia...

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Mau olhado...

Hoje o meu príncipe pequenito, fez cá um berreiro antes de dormir...!Era um choro mesmo de dor...eu andei com ele para trás e para a frente, já nem sabia que mais lhe fazer...
Chorava mesmo a plenos pulmões...meu rico menino...custa tanto vê-los assim...!
O meu marido telefonou para a minha avó para lhe tirar o mau olhado...ao fim de 5 minutos calou-se.
Não sei se acreditam ou não nessas coisas...mas o que é certo, é que quando ele está assim mais agitado, ligo sempre à minha querida avó e ele fica sempre bom passado minutos...é uma coisa impressionante.
A minha avó faz umas rezas e deixa cair umas gotas de azeite num prato, está-me farta de dizer para eu aprender a fazer...mas não sou muito boa para aprender rezas...
Se é coincidência ou não, quem sabe...mas eu cá acredito...

sábado, 22 de novembro de 2008

Até eu sou fã das músicas infantis!

O meu Dani anda sempre a cantarolar novas musiquinhas...
Tadinho anda tão murchinho...nem parece ele...
Mas esta é das preferidas dele...

Só visto...

Como sempre, é um castigo para a Yasmin comer sopa...
Que desespero...às vezes dá-me vontade de pegar no prato e espetá-lo no chão...
E como sempre, por entre as palhaçadas e malabarismos para a distrairmos e lhe enfiarmos mais uma colher, eu digo:
"Yasmin, come a sopinha para seres linda.Sabes que as meninas lindas comem sempre a sopinha toda..."
Yasmin:"Sabes mãe, eu sou muito feia, muito feia...não quero sopa!"

Realmente...sabe-a toda!


Ela que nunca gostou de papas, agora só quer é comer as papas do irmão, estou feita...
Já não usava chucha...até para dormir tem de ter a chucha...
Depois põe-se no ovo do irmão, de chucha na boca, quando não é com o biberão da água, e imita os sons que ele faz, e diz que também é bebé.
Como reacção da vacina de ontem, o meu pequenito ontem à noite, esteve cheio de febre e muito rabugento...resumindo...noitada!
Chorava muito...já nem sabia se era fome, sono, cólicas ou dentinhos...
Também tem andado muito baboso, e está sempre com a mão na boca. Na volta é um ratinho que está ali para aparecer e o chateia...

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Bom-fim-de-semana!

Hoje foi dia de consula dos 4 meses do Jair, mas como o Dani acordou a queixar-se com dores de garganta, cabeça e ouvidos, resolvi levá-lo também.Para a Yasmin não fazer um berreiro, também foi connosco e mais tarde é que a levei para a escolinha. A nossa familia é assim, onde tem de ir um, vai logo tudo para sermos muitos!:)
Como foi impossível chegarmos a horas, ficámos para últimos.O que valeu foi que hoje até nem estava muita gente, portanto não foi uma seca daquelas.
O Jair pesa 8,340 e tem 62,5cm.Ouvi um raspanete por ele estar gordinho, mas que posso eu fazer?É a tendência dele...O Dani era tal e qual, mas apartir dos 2 anos é que começou a ficar mais magro.
Para variar, lá o Jair fez xi-xi para cima da Drª.Também estava a pedi-las, só a mexer na pilinha do rapaz!
Mas o meu menino é mesmo simpático, riu-se para toda a gente.É sempre muito bem-disposto.
Depois a Drª. observou o Dani, viu que tinha uma otite no ouvido esquerdo, a garganta inflamada e estava com o nariz muito obstruído.Lá receitou uma série de medicamentos para o aliviar.
Saídos da consulta ainda o Jair foi levar a vacina dos 4 mesinhos.
Meu rico menino que foi um VALENTÃO!Nem chorou, nem nada...Até sorriu para a enfermeira!!Realmente é raro chorar nas vacinas.O rapaz é rijo!Fico eu em pior estado e ele ali numa boa.
Lá fomos para casa, a Yasmin ficou na escolinha.
É engraçado, os princípes mais velhos quando estão juntos andam só há porrada, mas se estão longe um do outro, andam sempre a perguntar um pelo outro. De vez em quando o Dani lá perguntava pela irmã.
Depois de almoço, hora da sesta, até eu dormi, tinha acordado cedo.Só acordámos eram quase 5 horas, horas de o pequeno comer e de ir buscar a Yasmin.
Quando os manos se viram, foi logo um big abraço!Parecia que não se viam há que tempos!Mas não faltou muito para o Dani estar a fazer puzzles e ela lhe começar a roubar as peças, deixando ele furioso.Terriveis estes míudos!

Vá-se entender estes míudos!

Hoje fiz para o jantar sopa de agrião e arroz de tomate com filetes de pescada.Como não podia deixar de ser, meto sempre a acompanhar cenoura ralada, ou milho cozido.A yasmin que é super esquisita, queria mais e mais milho!Até fiquei espantada com o que ela comeu!Não sei se foi por a minha irmã ter jantado connosco...que é certo até deu gosto para a ver comer.
Mas esta minha filha vai ser cá uma mandona!!Eu hoje para ela disse-lhe:
" Vai arrumar os teus ténis no quarto."
Yasmin:"Vai lá tu".
eu:"não ouves o que te estou a dizer?"
Yasmim:"Ó mãezinha, vai lá tu, pá!"

Se eu respondesse assim para a minha mãe, mamava-as logo!

E a casmurra não arrumou os ténis!...
O meu Dani hoje veio muito murchinho da escolinha...
Vinha com as bochechas muito vermelhas, vi logo que tinha febre, e só se queixava que lhe doía a cabeça.Dei-lhe um uma colher de xarope, e ele sentou-se no meu colo, apesar de ser um matulão, adora o colinho da mamã, tem sempre muita sede de mimo...
Deve estar a chocar alguma constipação.
Fiz-lhe uma massagem na cabeça, para o aliviar, e ele solta um "tão bom, mãe!"
Apesar de ter quase 5 anos, está muito atrasado na fala, e graças a Deus depois de uma operação aos adnóides e aos ouvidos, pouco a pouco vai indo lá. Ele não ouvia bem do ouvido esquerdo.Mas agora já ouve a 100%.
Para mim quando ele diz uma palavra nova, fico toda contente, é mais uma vitória...
Mas durante este ano e para o outro, tem de evoluir bem que é para puder ir para a escola.Mas por vezes custa-me um bocado, pois vejo que ele quer falar, mas não consegue dizer certos sons, ou letras e a palavra acaba por não sair.
Tenho lido muitas histórias, e ando sempre de volta dele a puxar por ele.Devagar se vai ao longe.Estamos à espera de vaga para a terapia da fala.
O Jair agora faz umas gracinhas tão giras com a boca!Farto-me de rir com o rapaz, acaba-se por babar todo!Que malandro.
É tão simpático o meu menino, mal acorda está sempre bem-disposto.
Mesmo na rua ri-se para toda a gente.
Está cá um esperto!
São tão fofinhos os bebés, apetece apertar bem, e não mais largar...
Ele já nem estranha, é com cada ataque de beijinhos, amassos, coceguinhas e abraços!Até fica maluco, mas quer sempre mais e mais.Como forma de agradecimento ainda me puxa forte e feio a gadelha.Fica sempre uma carrada de cabelos na mão dele.
O que há de mais gostoso do que os pézinhos lindos dos bebés?São tão fofos, tão patuscos!Não me canso de os beijocar...até apetece comê-los. :oD

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Estas modernices...

Carta ao Pai NatalCarta ao Pai Natal de Dani,yasmin, Jair

Antigamente escrevia-se uma carta ao pai natal, prendia-se num balão e lá ia ela...agora já é pela net...assim sim...o pai natal já é muito à frente!!

Linguagem de bebé Dunstan

Todos os recém-nascidos comunicam desde o nascimento até aos 3 meses através de 5 sons tipo que sinalizam Fome, Cansaço, Necessidade de Arrotar, Gases e Desconforto. Estes sons tipo são a sua forma natural, reflexa e inata dos bebés expressarem as suas necessidades. Quanto mais cedo e mais correctamente os pais conseguirem identificar essas necessidades, melhor poderão corresponder-lhe, resultando em menos choro e menos desconforto para o bebé (e para os pais...).

Aconselho a visitarem o blog Linguagem de bebé Dunstan


quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Chá depois de jantar...

Normalmente duas vezes por semana vamos até à casa dos meus pais jantar.Pois os pequenos não podem estar mais de 3 dias sem ver a avó...Nunca vi tamanha paixão...!
Claro está, como é norma, os pais educam e as avós pulam a cerca...
Às vezes chateio-me, porque a minha mãe não faz caso nenhum daquilo que eu lhe digo.Deixa os míudos fazerem tudo...
E desde que chegam lá a casa, já não largam a avó...
Mas o vício que a minha mãe lhes passou foi que depois da jantarada começa tudo a pedir o chá!Até pulam...e lá bebem cada um uma chávenazinha de chá, bem quentinho. E agora no frio então, sabe-lhes tão bem...
E é inevitável a frase deles, na hora de ir embora-"Eu fico cá para dormir com a avó."
Lá vai tudo num choro até ao carro...a avó tem de trabalhar no dia seguinte!
Que paixão!Mas fico tão contente, pois os avós são super importantes na vida dos nossos pequenos!




Nasceu um anjinho!

Minha querida Filipa, parabéns pelo querido Diogo que nasceu hoje com 3,425kg e 50 cm à 1:36 da manhã!
Estou anciosa por vos ver!
Beijoca boa

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Sai-lhe com cada uma...

Hoje à tarde a minha princesa pede para fazer xi-xi, ela já faz na sanita, mas é muito trapalhona para se despir...
Ela lá ficou na sanita e eu vim pegar no pequenito que estava a choramingar.
Nisto vinha ela com as cuecas e calcitas em baixo,o pai vira-se para ela e diz:
"Ó menina, não tens vergonha, puxa lá a roupa para cima!"
Yasmin:"Vergonha de quê?Quem tem vergonha morre há fome!!!"

Ficámos de queixo caído!!!Vai ser fresca!!
Hoje não tive ordem para dormir para além das 6 e meia da manhã, o meu Dani, é um madrugador, sempre o foi. É cedo demais.Ultimamente tenho tido o sono pesado que só o oiço já ele está na sala.
Levanta-se e vai logo para a sala, acende a tv no canal panda e depois vai buscar um iogurte para comer.É muito independente.
Mas o pior é que ele faz muito barulho, não sabe estar quieto, passo-me logo.Por vezes com sorte ainda consigo que ele durma mais um pouquinho, depende de como ele anda.Ele é um míudo com muita energia, muito irrequieto, há dias que mesmo na escolinha é um santinho, há outros que não fazem nada dele.
O meu pequenito hoje portou-se muito bem na hora da sopinha!Nunca fez caretas e até abria logo a boca para mais uma colherada.
E enquanto preparava a frutinha para lhe dar, soltava com cada gritinho de alegria...
Está tão giro o meu menino, é super simpático! Muito risonho...
Mas ainda não consegui tirar uma foto dele a rir!:(
O maroto assim que vê a máquina fica logo muito sério e nada feito.
Só a minha única dor de cabeça em relação ao meu bebé é que o puto é colodependente!!!Quer andar sempre a cavalo...ainda por cima é fino, pois quer estar a cavalo, mas temos de estar em pé com ele!!!São pequenitos, mas muito espertinhos!

domingo, 16 de novembro de 2008

Roupa, roupa e mais roupa!

Bem já não posso ver tanta roupa à minha frente!
Ontem à tarde fartei-me de passar a ferro, e ainda ali tenho roupa num cesto. Tenho roupa estendida, tive a dobrar outra carrada de roupa...mas o que ainda mais detesto fazer é arrumar a roupa toda nos sítios-epá DETESTO!
A minha mãe é que diz, que agora a malta está mal habituada, que antes só havia, com sorte, duas mudas de roupa, uma muda para cada semana...
Tem de se acompanhar a evolução das coisas, não é assim?
Só é pena não puder estalar os dedos e aparecer tudo dobrado e passado a ferro...

Uma noite de loucos!

Em quase 5 anos de maternidade, que nunca tinha tido uma noite tão péssima como hoje!Se o meu marido não tivesse estado de folga, acho que enlouquecia.
O meu Jair, fartou-se de chorar toda a noite. Torcia-se todo. A príncipio não estava a entender onde é que lhe doía...mas depois percebi que lhe doía a barriguita.Tinha-a muito dura...fiz-lhe massagens, andei com ele de toda a maneira e feitio.Tive de lhe meter um bebégel, tinha tantos gases, coitadinho...
Custa tanto ver os nossos meninos assim naquela aflição!
Sempre tive sorte, os meus meninos nunca tiveram cólicas, eis que ontem chegou o dia...
Até me admirei que os mais velhinhos não acordaram, tal não era o barulho.
Sentia os vizinhos a andarem de um lado para o outro, aqui no prédio, ninguém deve ter pregado olho, só alguém com o sono mais pesado.
Finalmente às 5 da manhã, ele adormeceu, em cima de mim...nem me importei...aproveitei também para descansar. Agora ainda está a dormir com o pai.

sábado, 15 de novembro de 2008

Jamé!!!

Com o pai adoentado cá em casa, e a precisar de descanso e de silêncio, fui buscar os princípes à escolinha e seguimos para casa da minha mãe.
Bem, eu a sair sozinha de casa com os três, é sempre uma aventura...
No meio do caminho começa:
Yasmin-"Mãe, quero fazer cocó"
eu:"Espera que estamos quase a chegar"
Yasmin-"Mas quero fazer xi-xi!!"
eu:"Mas é xi-xi ou cocó?"
Yasmin:"As duas."
Dani:"Mãe, quero água!"
eu:"Estamos quase a chegar"
Dani"Mãe, quero beber água!"

Nisto o pimpolho pequeno começa a chorar, estava a chegar à hora de comer...
Começam os mais velhos à briga, ela arranha ele, ele puxa o cabelo a ela,
eu quase a ter um AVC, páro num semáforo e mando um berro...
remédio santo, até a malta dos outros carros ficou tudo a olhar, tal não foi...
Para a próxima, quem estiver doente que saia de casa, porque eu sozinha com os 3, muito em breve, jamé!!!!

sexta-feira, 14 de novembro de 2008


Sopinha de abóbora

Modo de preparação : 15 Min.
Cozinhar : 10 Min.
Tempo total : 25 Min.

Material :
Tacho
Liquidificador ou Varinha Mágica

Compras

1 folhinha de alface
100g de abóbora sem casca
1 cenourinha
1 batatinha

azeite

Detalhes da receita
1. Corte os legumes em pedacinhos.
2. Num tacho com água a ferver, coza tudo durante cerca de 15 minutos.
3. Escorrer a água em demasia e acrescentar um fiozinho de azeite.
4. Triturar tudo.
5. Não adicione sal.


Hoje foi dia de sopinha...
O meu pequeno fez com cada careta!!!Tadinho...
Pois claro, não é nada parvo...a papa é muito melhor...
E finalmente com a introdução da papa e sopinhas já não bolça tanto!!!!
Quanto a fruta, neste momento a pêra, está claramente a ganhar à maça...
Estou a ver que vou ter outra Yasmin...ela em pequena nem de papa gostava, e cada introdução cada dor de cabeça...

Acordar cedo demais!

Hoje de manhã cá em casa foi uma revolução...
Os pimpolhos mais velhos tinham de estar na escolinha até às 8h30 da manhã, pois iam ao teatro...e caso não lá estivessem, perdiam o autocarro.
Já se sabe que a malta cá de casa, só acorda às 8h30, mais coisa menos coisa, e temos sempre tempo de sobra, para vestir com calma e tomar o pequeno-almoço.
Mesmo deitados às 21h (como sempre), na noite anterior, lá acordei o Dani eram 7 da manhã. Meu rico menino acorda sempre bem-disposto, embora não consiga estar quieto um segundo e comece logo cheio de energia a dar pinotes e a correr de um lado para o outro (coitada da vizinha do 2ºandar!).
Com a barulheira do irmão, a Yasmin acabou por acordar...muito ensonada e mal-disposta, pois esta sai à mãe...tem de dormir o suficiente para andar numa boa! Começou logo a chorar, e a tossir, e com tanta tosse, engasgou-se toda...logo ela...que é tão complicada de manhã...começou logo a pedir o xarope da tosse, só se calou quando lhe dei uma colher.
Eu bem pedia para não fazerem barulho, para não acordarem o Jair, o que vale é que o meu bebé, de manhã está ferrado no sono...
Como já é habitual, é um castigo para vestir a Yasmin.Que rapariga mais teimosa!Xiça!!!Deixa-me cá com uns nervos!Não quer vestir a roupa, depois eu digo para se sentar, ela deita-se, mando-a levantar, ela senta-se...Depois começa..."A Yasmin sabe..."
Quer vestir tudo sozinha e não permite ajudas, mas quando há pressa, não dá.
Agora com as collants, começa a dizer-lhe que lhe doíem as pernas, é tão fingida...
E para pentear...eu já não tenho grande jeito para fazer totós, mas gosto de fazer...só que ela não pára quieta, depois não quer, depois manda-se para o chão, ou então diz que ela é que faz...
HAJA PACIÊNCIA!
A tomar o pequeno-almoço, o Dani sai a mim...não há nada que o distraía...toca a comer.Agora a Yasmin...está ali...a olhar...uma colher agora...outra 15 minutos depois...tenho de a lembrar para comer...
E claro está que nos dias em que se tem pressa, é sempre um stress...e lá ficaram metade dos cereais...
Tive de acordar o Jair, para lhe mudar a fralda e deixá-lo com a vizinha por uns minutos.As manhãs agora estão muito frias! O infantário fica a 5 minutos a pé, não se justifica ir de carro!
Quando o deixei com a vizinha, a Yasmin desata a berrar:"O meu bebé, o meu bebé...mãe vai buscar o meu bebezinho..." Lá começou a tossir, e a engasgar-se toda outra vez, deu um espirro...ranho por todo o lado...
Finalmente já no infantário...a confusão estava instalada, pais que normalmente levam os filhos mais tarde, todos ali estavam, à espera de ver os pequenos com as respectivas educadoras a entrar nos autocarros. O Dani ia todo contente, dizia-me:"Mãe, eu vou portar-me muito bem!"- Espero bem que sim...
O papá ainda chegou a tempo de dar um beijinho aos pequenos, vida de padeiro...
A yasmin lá ficou a chorar...tinha sono...
Fui a voar buscar o Jair, não estivesse ele a chorar, a vizinha já não é muito nova, deve ter uns 60 anos, mas é muito disponível...por acaso temos sorte com a vizinhança.
Estava ele todo contente, numa boa a rir-se todo. Este meu filho realmente...com a avó estranha, estranha, chora, chora e vê-a todas as semanas, e para as vizinhas farta-se de rir...Não há condições!

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Uma cama para cinco...


Nada melhor do que acordar de manhã, quase a cair da cama, sem direito a um bocadinho de lençol ou mesmo cobertor... e com sorte ainda me calha um braço em cima, ou um pé...tudo porque ao meio da noite, a minha princesa e o meu princípe mais velho fogem para a minha cama e vão para ao pé de mim e do pai, e o mais novo já lá está, pois dorme sempre connosco...EU SEI...que é um péssimo hábito...mas eu adoro dormir com eles!!!Se assim não fosse levava a noite inteira em pé, por causa do rabino mais novo.
Os mais velhinhos dormiram comigo até aos 2 anos, respectivamente, depois a passagem para os quartos até foi bastante fácil...
Eu sou da opinião que nem tudo é como os outros dizem, cada um sabe de si, e claro está depois tem de se arcar com as consequèncias.

Filho da mãe

Ontem para comemorar os 4 mesinhos do Jair, lá fomos jantar com os avós.
Mal chegámos, como sempre (acho um péssimo hábito) a avó tem sempre um presentinho para os netos. Deu a cada um, um brinquedo, um crocodilo que se puxava o fio e ele andava, e esse crocodilo tinha um mais pequenino em cima, então a Yasmin olha para mim e diz:
"Mãe, olha é o filho dele."
eu:"Pois é, já viste tão bonito."
Y:"O pequenino é filho da mãe!"
eu:"AH AH AH AH AH!"

Como as crianças são inocentes...

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Pela 3ªvez

Para variar o meu Daniel voltou a partir os óculos...ao que parece na aula de ginástica apeteceu-lhe mandá-los ao chão...

S.O.S

A minha princesa cada dia que passa está mais teimosa!Nunca vi uma coisa assim...já não sei que fazer...é um castigo para ela comer, quase que tenho de lhe enfiar a comida pela goela abaixo!Já tentei tudo e mais alguma coisa!Já tentei não ligar e ela ficar sem comer, já fiz pratos engraçados, já fiz palhaçadas, tudo e mais alguma coisa, o raio da rapariga nunca tem fome...Aceitam-se sugestões...

4 mesinhos


Hoje o meu Jair faz 4 mesinhos. Como o tempo voa...Parece mentira...
Ele é grandalhão, ando aflita das costas pois ele agora só quer é colo!Está muito mal habituado!
Já vai começando a querer agarrar as coisas para brincar. Se nós agarrarmos os brinquedos, ele já vai brincando.
Não quer estar deitado, sempre em pé, e quer ir para o chão, para ao pé dos manos.Adora-os!
Ainda não consegui tirar-lhe uma foto a rir...ele assim que vê a máquina mete-se muito sério a olhar.
Hoje foi dia de começar a dar papa.Adorou!!Nem fez caretas nenhumas, farto do leitinho já ele estava.
Apesar de sair todo lambuzado no final, foi muito giro.
Ainda não sabe comer com a colher como é normal, mas com a prática vai lá.
E com os 4 mesinhos, lá se vai a licença...tem que se ir trabalhar...paciência...

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Jair

Jair

Apesar de já viver com o meu marido há 5 anos, só no ano passado casámos e baptizámos os nossos filhotes.E mesmo no dia do casamento, engravidei...foi um filho muito desejado, pois queriamos ter 3 filhos e com pouca diferença de idades entre eles.
Nem precisava fazer teste, sei sempre quando estou grávida, mas é sempre bom ter-se a certeza, não fosse a ansiedade provocar uma gravidez psicológica.
Decidimos só contar à familia no dia de natal. Toda a gente ficou surpreendida a achar que somos malucos..."a vida não está para se ter tantos filhos..."-repetia a minha avó (que só teve 7 filhos.
Foi uma gravidez quase tranquila, não fosse algumas injustiças terem acontecido, como ser despedida com 4 meses de gravidez...enfim...
Com mais 23 kg, e uma super barrigona, estava desejosa pelo derradeiro dia!
No dia 12 de julho às 6 da manhã comecei com as primeiras contracções, comecei a andar de um lado para o outro, pois nem deitada, nem sentada estava bem. Estava tranquila, pois para mim já não era novidade. Queria aguentar em casa, o máximo que conseguisse.
Às 9 da manhã as contracções já eram de 5 em 5 minutos. Sabia que estava quase, mas ainda fui tomar um duche para relaxar.
No banho rebentaram-me as águas e comecei com contracções de 2 em 2 minutos. O meu marido não havia meio de aparecer e tive de chamar o inem. Saí de casa às 11 da manhã.Na ambulância o bombeiro ia prego a fundo.Já eu estava com vontade de fazer força, sentia mesmo o bebé a descer.
Chegados à maternidade, o médico foi logo observar-me e chamou a parteira e disse para prepararem tudo que eu estava já em período de expulsão. Cada vez me apetecia fazer mais força, mesmo com as enfermeiras a dizerem para não o fazer.Mas não o conseguia evitar.
Só tive de aguentar até me meterem o soro, assim que me disseram para fazer força, o meu bebézinho nasceu logo! Que alívio! Nasceu às 11h31 da manhã com 3, 550 kg e 51 cm, com muito cabelo, muito preto.
Não me custou nadinha, foi mesmo rápido!!!Nem um ponto levei.
Fiquei triste por o meu marido não ter chegado a tempo...
Mas para compensar o meu menino era a cara do pai quando nasceu. Até me parecia mentira que tinha o meu pequenito nos braços!
Quando liguei à minha mãe a dizer que o Jair tinha nascido, ela ia caíndo para o lado! "Já nasceu? Mas saiste daqui há meia-hora!?"
a minha avó é que diz que sou uma boa parideira.
O Jair é um bebé muito calminho e bem-disposto e não gosta de estar sozinho.
Também muito espertalhão, adora os manos...
Por enquanto não penso ter mais, mas adorava ser aquelas pessoas que têm 12 filhos.Para mim ser mãe é o que mais me faz sentir feliz e realizada!

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Yasmin

A gravidez da Yasmin foi uma gravidez quase planeada,
Queria muito ter outro filho, mas não pensei que engravidasse logo.
Muitos enjoos, muito mau feitio, falta de paciência...
Ainda por cima no dia que soube que era uma menina, aos 5 meses, a tão desejada menina, o drº aconselhou-me a ir fazer a alguns exames porque não achava os pés da minha filha normais.Foi cá uns nervos, que nem sei!!!!
Ao fim de exames daqui e dali, sempre se concluíu que não era nada, que apenas ela tinha os pés grandes. Mas eu só descansei quando ela nasceu!!
Dia 18 de abril de 2006, tinha uma consulta marcada, já estava de 39 semanas e nesse dia acordei com uma impressãozita nos rins, que no caminho para a consulta já se notavam algumas contracções, mesmo irregulares.
Quando a médica me foi fazer o toque, já tinha 4 dedos de dilatação, perguntou-me se queria ficar despachada, eu claro respondi que sim.Fez cá dentro umas maldades e depois mandou-me para o bloco de partos.Caso tivessem pouca gente talvez ficasse logo internada.
Lá fui...
"Ainda podia dar uma voltinha até casa...mas como temos poucas grávidas, não faz mal."-disse-me a enfermeira, muito simpática.
Depois de todas as preparações lá fui eu para o meu quarto, sempre acompanhada pelo maridão.
Nem tive tempo de levar a epidural, pois comecei a ter vontade de fazer força.
as enfermeiras diziam que não podia ser, que não podia ter dilatado tão rápido, mas quando foram ver, já a Yasmin estava quase com a cabeça de fora.Só me diziam para não fazer força, era tudo a correr de um lado para o outro a preparar tudo.Quando me deram ordem de fazer força, pimba, nasceu logo a Yasmin.
O pai, entre lágrimas, foi o primeiro a vê-la.E cortou o cordão umbilical!Ficou todo orgulhoso!Também foi o primeiro a pegar-lhe e a mostrar-me a nossa menina!!
Felizmente correu tudo bem, finalmente um nascimento decente, com alta de nós duas ao fim de 2 dias!!
A Yasmin sempre foi um bebé muito calminho...pouco chorava, só mesmo quando tinha fome.Mesmo durante a noite, apesar dos primeiros dias ter os sonos trocados, depressa me deixou dormir bem à noite, com excepção de ter de acordar 2 vezes por noite para o biberão, isto até ao ano e meio.Tentei tudo para lhe retirar o biberão, mas qual quê!Deixou de um dia para o outro, quando menos esperava.
Começou a comer sozinha, pela mão dela ainda não tinha um ano, a andar com 10 meses, a gatinhar com 5 meses, sempre foi muito precoce, comparando com o irmão.
além de falar tudo, não podemos falar nada ao pé dela.
Hoje é uma menina que tem as suas manias, já quer decidir o que quer ou não vestir, ou se quer uma trança ou rabo-de-cavalo, muito vaidosa!!Vai ser fresca!!
De manhã todos os dias é uma aventura.
Mas agora está na fase de não querer comer de jeito.Que horror.Por vezes nõ sei o que fazer para comer...
Enfim...
Vai ter cá um feitiozinho...não sai nada à mãe...

terça-feira, 4 de novembro de 2008

domingo, 2 de novembro de 2008

O meu menino lindo!!!

Engravidei do Dani, como é carinhosamente tratado, tinha 19 anos.Foi uma gravidez bastante desejada...era o meu maior sonho...SER MÃE!!!
Desde míudinha que sabia que o meu destino era ser mãe, era a maior de todas as prioridades!!
Apesar de novinha, sempre soube aquilo que queria.
Fui apoiada por toda a gente da família, especialmente pelos meus pais.Inicialmente tive receio da reacção do meu pai, mas...aceitou super bem.
Não posso dizer que foi uma gravidez fácil...quer dizer, com o bebé sempre esteve tudo bem, eu é que andei sempre muito enervada e muito stressada.
Por acaso até foi uma gravidez em que os 9 meses voaram!!!
Logo um dos maiores motivos de eu andar altereada, foi no local de trabalho.Logo desde o primeiro momento em que a chefe e colegas souberam do meu estado de graça começaram logo a fazerem-me a vida num inferno.Eu que já lá trabalhava há 5 anos sem falhar um único dia, e sempre dei "o litro".Era um trabalho pesado por isso todo o cuidado era pouco. Havia meses atrás que uma colega que não se poupou(ou não a deixaram) abortou espontâneamente já com 4 meses de gravidez.Aquilo não me saía da cabeça.
Bem, só sei que foram nervos atrás de nervos, as colegas todas voltadas contra mim, por eu me recusar a fazer certos trabalhos super pesados, inclusivé até tive algumas perdas de sangue, estive umas semanas em repouso.
Não sei como e lá aguentei a trabalhar até ao 7ºmês.
Mas mesmo em casa, o estado de nervos era quase o mesmo.
O Dani era um bebé muito mexido, desgraçava-me toda cá dentro!!!Mas eles a darem pontapés é maravilhoso!!!Sabe tão bem!!
Eu até que nem fiz uma grande barriga, sempre fui forte e então a barriga em vez de crescer para a frente, crescia para os lados!
As minhas vizinhas nem sabiam que eu estava grávida!!!Só quando me viram com ele ao colo é que me perguntaram.

Mas finalmente chega o dia 7 de fevereiro de 2004.Começo a ter umas dorezitas nos rins e algumas contracções, ainda tudo muito suave.Passei todo o dia assim.Ainda tentei dormir um pouco, mas de madrugada as dores estavam a ficar cada vez mais fortes.
Ia à casa-de-banho de 5 em 5 minutos, chegava lá e não fazia nada.Não parava quieta, só a andar de um lado para o outro.E mais umas quantas contracções, cada vez menos espaçadas, até que às 4 da manhã, tive de dizer à minha mãe para chamar a ambulância que já não podia mais.
Digo desde já que não fui muito bem tratada lá no bloco de partos do hospital...ainda por cima era greve dos médicos e enfermeiros.Estava uma parteira para 8 mulheres.
Depois uma pessoa ali cheia de dores e ainda são umas bestas!!Há pessoas que não têm consideração nenhuma.É o trabalho delas, ajudarem a nascer as crianças e cada mulher é só mais uma, não entendem que é um momento especial para nós e que gostariamos também de ser um pouquinho melhor tratadas!!!
Senti-me muito só e abandonada ali, ainda por cima não deixavam ninguém assistir.
Mas ao fim de umas horitas com dores, o Daniel nasceu no dia 8 de fevereiro às 15h25mnt, com 3,140kg e 50 cm.
Infelizmente não correu tudo bem.
O Daniel começou a entrar em sofrimento já dentro de mim, e ao nascer vinha todo roxo, nem se mexia, teve de ser reanimado. Só o vi de relance.
Enquanto levava uma carrada de pontos, perguntava o que se passava com o meu filho...ninguém me dizia, que angustia!!!
Só ao fim de 5 HORAS, é que o vi pela primeira vez.Estava internado na neonatologia, numa incubadora, ligado a tantos fios, e máquinas que cada uma fazia o seu barulho, uma pessoa saía dali maluca.
Já na incubadora ainda fez convulsões durante dois dias e teve uma paragem cardio-respiratória.Além de ter uma infecção no sangue, que nunca se soube como foi causada.
Nem preciso dizer o choque que foi para mim!! Nunca tinha imaginado que me iria acontecer uma coisa destas!!
Ao fim de dois dias eu tive alta e o meu bebé ainda ficou internado, tendo alta só depois de um mês.
Durante um mês a minha vida girou só ali no hospital.Todos os dias ficava lá das 8 da manhã às 10 da noite, não podia dormir lá, o hospital não tem condições para isso.Eu nem me lembrava de comer, passava os dias ali ao pé dele, a tocar-lhe, na esperança que ele se mexesse.Como estava muito medicado, estava tipo adormecido.
Só lhe peguei pela primeira vez já ele tinha 5 dias, e vi-lhe os olhos com 8 dias.Dava-lhe o leite com ele na incubadora, mudei a pimeira fralda também lá...
Foi uma grande lição de vida naquele mês.Os 20kgs ganhos na gravidez em 2 semanas foram embora.
De passar tantas horas na mesma posição rebentei os pontos todos.Mas não sei como, ali durante o dia, nem pensava nas dores que sentia,nos pontos, mas assim que saía dali e entrava no carro do meu pai para casa, já não conseguia ir sentada no banco, aflita com tanta dor.
Foi uma enorme alegria puder trazer o meu filhotre para casa.Já não podia mais com aquele hospital!!!
Graças a Deus o Daniel recuperou muito bem.Como tomou muitos medicamentos, ficou muito fraco, e apanhava tudo e mais alguma coisa.Até ele fazer um ano e meio era rara a semana que não estava doente.Mas coisas simples.Constipações, febres, conjutivite...
Fez várias ecos à cabeça, vários exames, era seguido por uma série de pediatras, mas sempre teve um desenvolvimento normal e hoje é uma criança como as outras, quem vê as fotos dele nem diz o que ele passou.
Só o que ele está menos desenvolvido é na fala.Ouvia mal de um ouvido.Foi operado aos ouvidos e aos adenóides e agora frequenta a terapia da fala.Aos poucos lá vai...
Sempre foi um menino muito traquina!!!Muito irrequieto...Mas também é esperto e inteligente!
É o meu guerreiro!Fez-me crescer muito!!!

Daniel

De pequenino...